MEU LUTO, MINHA LUTA!



A vida é um presente que tem data de validade, porém desconhecida.
O fim da vida chega para alguns com prenúncio, para outros de súbito, mas para nós que continuamos a viver, chega dilacerando o coração.
Chega na primavera, verão, outono ou inverno, mas chega no tempo certo da colheita.
Viver o luto é importantíssimo, derramar a alma em prantos, declarar o amor em lembranças, chorar a saudade e os sonhos inacabados.
Falar da perda é cura, desfazer dos pertences é necessário, tudo como processo de cicatrização da alma.
A alma tem cicatrizes sim!
Marcas que relembram os momentos vívidos que compuseram a história de amor vivida, memórias que chegam sem hora marcada e arrancam suspiros, lágrimas ou sorrisos tortos.
Ficam as contas a pagar, os documentos a assinar, a casa a rearranjar, e em meio a tudo isso  fotografias que selaram momentos de vida plena, vida que valeu a pena simplesmente por existir!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s