PAI NOSSO, MEU PAI!

Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.”  Mateus 6.6
O grau da nossa intimidade com Deus se dá pelo relacionamento que cultivamos com Ele.
Esse relacionamento não é apenas  reconhecer a Sua existência , pois os demônios também crêem em Deus,  nem tampouco ter uma religião  seguindo rituais ou legalismos. (Tiago 2.9 ,Mateus 23.23).
Relacionamento com Deus  também não é fazer o bem , pois as boas obras são  consequência da vida com Deus  e não um caminho para a aceitação.(Isaías 64.6 e Efésios 2.8-10)
O ativismo também não é prova de relacionamento com Deus. Muitos se surpreenderão quando estiverem cara a cara com o Senhor e não forem reconhecidos por Ele! (Mateus 7.21-23)
O relacionamento com Deus se inicia com dois passos de aproximação: arrependimento e fé.
Quando nos colocamos diante dEle, nos reconhecemos pecadores, falhos e necessitados de sua graça e pela fé alcançamos o perdão dos nossos pecados e  a salvação eterna.
A oração em público ou entre irmãos, tem seu valor, é quando chamamos ” Pai nosso”, mas a intimidade com o Senhor depende do derramar de nossos corações na oração, por isso é tão importante a oração secreta, individual onde podemos desnudar nossa alma: mente e sentimentos; falar de nossos medos, falhas e fraquezas, questionar, chorar e clamar a Deus como “Meu Pai”.
Oração é um exercício espiritual, bem como a leitura da Palavra de Deus, a primeira é um destino e a segunda, a bússola orientadora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s