Sofrimento e solidão

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, Pai das misericórdias e Deus de toda consolação, que nos consola em todas as nossas tribulações, para que, com a consolação que recebemos de Deus, possamos consolar os que estão passando por tribulações. II Coríntios 1.3,4

O sofrimento humano é inevitável. Sofremos por muitas causas, de muitas maneiras, e nas mais diversas intensidades.

Procuramos respostas para as catástrofes, a violência, a miséria, a perda, a doença, as pestes, a fome, as dores, o suicídio, a morte…

Culpamos a Deus pela existência do sofrimento, ou negamos a existência de Deus devido à inegável existência do sofrimento.

Tudo começou quando o homem optou pela desobediência a Deus e por sua independência.

Independência que o torna centrado em si mesmo, em seus achismos, em sua percepção, em sua capacidade, em seu mundo!

Independência que o faz crer na força do seu braço , de seu intelecto ou do seu dinheiro, e que aumenta o sofrimento quando esbarra em situações de sofrimento que a força, a capacidade intelectual e financeira não podem reverter.

A solidão na maioria das vezes é inevitável, pois não há palavras que consolem, amizades que gargalhem, alegria que perdure, nem desejo de proximidade com o sofredor e com o sofrimento.

Jesus, o filho de Deus, veio resgatar o que se havia perdido. Ele foi a propiciação pelos nossos pecados que causaram divisão entre nós e Deus , por isso Jesus Cristo andava em direção às multidões famintas, desesperançosas e necessitadas, tocava nos leprosos, devolvia vida aos mortos, dignidade aos marginalizados, cura aos doentes, libertação aos escravizados.

Fazendo o bem a todos , foi rejeitado ,traído, negado ,crucificado e morto como um delinquente da pior espécie! Quando tudo parecia perdido, Deus o ressuscitou dos mortos e o glorificou à sua direita nos céus.

Jesus venceu o pecado, Satanás e a morte! Venceu os três inimigos do homem. Venceu por sua santidade e obediência. Sendo assim, foi assunto aos céus e enviou o Espírito Santo que está conosco todos os dias até a consumação dos séculos.

O Espírito do Senhor é nosso guia e Consolador, capaz de nos fazer seguir as pisadas de Cristo. Pisadas que nos aproximam do sofredor, do cansado, do aflito, do desesperançoso!

Espírito que capacita àquele que é dependente de Deus a consolar com a mesma consolação que é consolado, a fazer diferença trazendo luz em meio às trevas, trazendo bálsamo ao coração ferido.

Sejamos dependentes e obedientes á Deus. Sejamos consolo e esperança! Sejamos sal e luz! Sejamos embaixadores de Cristo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s