BÍBLIA: LIVRO OU PALAVRA DE DEUS ?

Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,
Hebreus 1:1

Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,
Hebreus 1:1

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, 
como obreiro que não tem de que se envergonhar, 
que maneja bem a palavra da verdade.” II Timóteo 2.15
Existe uma grande diferença entre estudar a Bíblia e estudar a Palavra de Deus. Há inúmeras pessoas conhecedoras da Bíblia, mas não necessariamente conhecedoras da Palavra de Deus. Dominam a cultura da época, tradições e leis judaicas,  reis e autoridades históricas, geografia e localização das regiões citadas, cronologia dos fatos, etc; mas desconhecem a vontade de Deus, seus preceitos e mandamentos.
Infelizmente muitos  cristãos que não  sabem manejar a Bíblia e tampouco  a Palavra de Deus. São analfabetos funcionais que dependem de um terceiro  para alimentá-los espiritualmente. Sendo assim  absorvem como verdade os ensinos que ouvem por confiarem em quem os transmitem, incorrendo no perigo de serem engodados por  heresias.
O grande número de analfabetos da Palavra de Deus  lotam catedrais, estádios e cultos em busca das bênçãos de Deus, mas não abrem a Bíblia, nem seus corações e mentes para conhecimento da Palavra da Verdade. Esse grande número tem envergonhado o Evangelho diante do mundo moderno, não sabem dar a razão de sua fé, não falam com mansidão sobre a esperança que há  em seus corações. Ferem publicamente muitos princípios do Evangelho tais como : amor, mansidão, abnegação, piedade, santidade, pureza, sabedoria e etc.
Assim como analfabetismo em geral tem suas causas no êxodo das escolas, a ignorância sobre a Palavra de Deus está na fuga da escola bíblica dominical.
O conhecimento da Palavra de Deus é semelhante ao manejo de uma espada de dois gumes,
concede o poder de vencer o pecado, Satanás e a morte;   e a coragem de  desvencilhar-se de  qualquer tipo de engano, tal como o apóstolo Paulo que apesar de extremamente culto e zeloso da lei, desconhecia a verdade, mas após um encontro pessoal com Jesus  abandonou suas tradições religiosas e se rendeu ao  puro e genuíno Evangelho.
A responsabilidade diante de Deus é individual, JESUS convoca a todos:
“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. ” João 8.32


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s