NA BRECHA


“ E busquei dentre eles um homem que levantasse o muro, e se pusesse na brecha perante mim por esta terra, para que eu não a destruísse; 
porém a ninguém achei.” Ez 22.30
Os muros que cercavam as cidades na época do profeta, eram a garantia de defesa contra ataques e invasões bárbaras.
Homens, mulheres e crianças trabalhavam arduamente para fechar as brechas abertas pelos inimigos em tempos de guerra.
A vulnerabilidade de uma brecha poderia dar a vitória aos cruéis invasores que matavam, torturavam, aleijavam, escravizavam.
Deus procura pessoas dispostas a fecharem as brechas da iniqüidade, procura verdadeiros adoradores que velam por suas vidas e pelos seus em oração.
Estar na brecha implica em vigilância.
Estar na brecha é entender que nosso inimigo Satanás não dorme não se cansa e não desiste de querer penetrar as brechas para destruir vidas.
Estar na brecha é não permitir a vitória do inimigo diante da nossa vulnerabilidade.
Estar na brecha é interceder e clamar pelo Deus vivo que com sua palavra nos fortalece, com sua misericórdia se compadece, com seu poder nos garante vida e vitória sobre os ataques de Satanás.
Há crentes que dormem e não vigiam, esses estão sempre feridos e capturados pelas adversidades.
Há incrédulos que dormem, mas são poupados devido às orações dos que intercedem por eles.
Somos chamados a enfrentar uma batalha a cada dia, mas com a certeza da vitória final por Cristo Jesus nosso Salvador, por isso
sejamos achados  pelo  Senhor na brecha a qual ele nos designou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s