Casamento e papéis.

Deus nunca desistiu de seu casamento nem de você!

Porque você desistiria?

Ah…por causa da dureza do coração!

Vamos conversar francamente, quem não deseja amar e ser amado? Deus nos criou assim, seres relacionais!

O primeiro exemplo de amor que temos são nossos pais, porém ter uma mãe e um pai não é garantia de que seremos amados em profundidade. Há inclusive, no Brasil, mais de 5,5 milhões de pessoas que se quer tem o reconhecimento de paternidade em sua certidão de nascimento.

Essa primeira experiência nos dá o olhar para a compreensão do amor de Deus, o que em alguns casos é um agravante para quem viveu experiências sofridas de rejeição ou abandono.

Se o amor de Deus não for compreendido em sua totalidade e aceito como a grande dádiva do céu, se esse amor não for cultivado através de um relacionamento com o Senhor, com certeza alguém será alvo da nossa busca de satisfação e suprimento de carências.

O amor de Deus cura a alma quando entendemos ser desejados por Deus , ainda que sejamos pecadores, infiéis, inconstantes, imperfeitos e efêmeros. Nada pode nos afastar desse amor (Romanos 5.8 )

O amor de Deus sacia a alma quando compreendemos que Deus nos ama por Sua essência e não pela nossa essência! Nada pode impedir esse amor! ( Romanos 8.35-39 )

O amor de Deus nos ensina, através do exemplo, a amar e relacionar com o outro. Nos ensina a sermos pais em totalidade, pais segundo seu padrão.

PARA AS MULHERES:

1-Ame-se!

Saiba que o outro é um companheiro e não sua razão de ser.

Muitas mulheres colocam nas mãos do outro a responsabilidade de suas realizações e de sua felicidade. Buscam a segurança e o amor que não tiveram no lar ou no relacionamento com o pai.

Colocam o outro como principal prioridade, como o ar necessário à vida. Quando acontece alguma decepção ou ruptura , elas não tem estrutura para continuar vivendo.

Faz-se necessário entender que Deus deve ser o alicerce e a prioridade de vida, para que consequentemente seja a base de uma aliança duradoura.

Quando essa mulher compreende o amor de Deus , entende que Ele foi capaz de dar sua vida numa cruz por amor a ela, uma pecadora! Ela compreende que esse amor é o que vale a pena, e é exemplo para o casamento.

2-Equilibre-se!

Uma mulher destemperada, desequilibrada e inconstante afeta a tudo e a todos!

Vida devocional diária, relacionamento com Deus, oração e leitura da Palavra, amizades com pessoas que inspiram sua vida cristã, são formas de buscar firmeza e constância na vida emocional e psicológica, o que refletirá em palavras sábias e atitudes certeiras.

3-Cuide-se!

A mulher virtuosa retratada no fim do capítulo 31 de provérbios, reforça que a beleza interior e o bom porte de uma mulher é o que verdadeiramente importa para Deus.

Cuidar do interior não significa deixar o exterior, absolutamente!

Muitas mulheres valorosas no espírito tem descuidado da aparência e permitido que o sobrepeso se instale, inclusive trazendo consigo doenças relacionadas.

Fazer exercícios físicos e cuidar da alimentação é essencial para quem quer cuidar do templo do Espírito e preservar o casamento.

PARA OS HOMENS:

1-Ame-se!

Saiba que o outro é um companheiro e não a extensão do seu ser.

Muitos homens colocam nas mãos do cônjuge a responsabilidade por suas realizações e felicidade. Buscam no outro a segurança e o amor que não tiveram no lar ou no seio da família. Sufocam o parceiro com ciúmes e controle excessivo.

Diante de alguma decepção ou ruptura não conseguem tocar a vida para a frente.

Quando o homem compreende que é alvo do amor de Deus e deve ser reflexo desse amor para com sua esposa, ele consegue se sentir pleno para amar e ser amado da forma como Deus planejou no casamento.

A insegurança cede lugar para a firmeza de um lar em Cristo.

2-Governe-se!

Governar a empresa, a casa, os filhos, a família, etc, é mais fácil que governar a si mesmo! (Provérbios 16.32) Governar seu interior, sentimentos, aborrecimentos, ira, frustrações, etc é de extrema importância para quem está no controle, para quem é chamado a ser o cabeça do lar.

Somente um homem que se deixa governar pelo Espírito Santo de Deus pode ser bem sucedido na responsabilidade de liderar as coisas sagradas como a família.

3-Persevere!

Jesus foi obediente até a morte, amou até a morte! Esse é o exemplo de perseverança para o marido, um exemplo que nivela no alto o papel do cabeça do lar.

Seguir o exemplo de Cristo é um desafio diário que requer dedicação em aprender, dedicação em exercer!

Mudanças ocorrem em todo o tempo e tudo é uma oportunidade de aprendizado, de insistência e perseverança, o que requer mais uma característica de Cristo: a humildade!

PARA O CASAL

1- Perdoem-se!

O maior exemplo de perdão é o que recebemos na cruz do calvário, portanto não temos escolha, devemos perdoar as ofensas do nosso cônjuge.

Perdoar não é esquecer. Perdoar é curar uma ferida, tratando-a! A falta de arrependimento e mudança de mente e atitude irão apenas cutucar a ferida e abri-la constantemente.

Estar casado implica em investimento, em disposição. Portanto o perdão é a atitude que permite a insistência no amor e no convívio.

Deixar para depois é arriscar uma maior contaminação e aumentar a dor da cicatrização.

2- Exponham-se!

Um casal, ao se casar, traz consigo uma enorme bagagem de vivências distintas um do outro. O casamento exige adaptação, acordos, acomodações e o encaixe de tantas diferenças.

Saber comunicar ao outro sentimentos, desconfortos, emoções, sonhos, decepções, etc é essencial para um perfeito ajuste. Não se pode presumir que tudo está claro ou que o outro é obrigado a adivinhar o que se passa na sua mente e coração.

Fale, fale com amor! Fale, fale na hora certa!

3- Cultivem o Amor.

Casamento exige cuidado, disposição e investimento de vida!

O amor não sobrevive sem cultivo diário, ele se alimenta de pequenas coisas, de miudezas, de detalhes!

Esse cultivo deve ser prioridade do casal para que assim quando o ninho ficar novamente vazio, se reconheçam um ao outro como seu eterno amor!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s