HÁ VIDA APÓS O DIAGNÓSTICO DO CÂNCER!

Eu não vou pedir para não ser câncer, mas para o Senhor estar comigo em tudo o que eu tiver que enfrentar. Pois seu nome é Emanuel(Deus conosco)! Quero viver o propósito que o Senhor tiver em minha vida.
Essa foi minha oração a Deus diante do pedido de biópsia que a mastologista solicitou.
Era uma manhã linda e ensolarada, dia 24 de setembro de 2018, data em que recebi o resultado do exame que atestou: carcinoma ductal invasivo grau II! Me dirigi ao consultório médico ciente do diagnóstico de câncer de mama. Na sala de espera,  uma criança especial acompanhada da mãe, começou a me beijar e abraçar incessantemente. A mãe da criança ficou muito constrangida e então eu disse: – Pode deixar! Deus sabe o quanto estou precisando desses abraços e beijos…
Fui eu quem dei a notícia à Dra.Lilian,  e depois ao meu marido, meus filhos, meus pais, amigos e familiares.
Eu não me furtei de dizer a palavra “câncer”, e decidi não esconder o diagnóstico de ninguém.
Sabia que meus dias não seriam os mesmos! Me aguardavam dias de exames, cirurgias, medicamentos, tratamentos, perdas, mudanças! 
O que eu não sabia é que as mudanças mais expressivas nessa fase, seriam mais internas do que externas!
Procurei me informar sobre o câncer, porque até então, eu o conhecia apenas como uma doença  incurável e mortal.
Meu marido chorou, oramos juntos.
Procurei mostrar calma ao informar meus filhos e escrevi uma mensagem no whatsapp compartilhando a todos amigos e familiares:
Sei passar falta, e sei também ter abundância; em toda maneira e em todas as coisas estou experimentado, tanto em ter fartura, como em passar fome; tanto em ter abundância, como em padecer necessidade. Posso todas as coisas naquele que me fortalece.”Filipenses 4.12,13
Queridos amigos/irmãos,
Hoje, dia 24 de setembro de 2018, pertinho de chegar o outubro rosa recebi o diagnóstico de câncer de mama . Louvo a Deus por ter colocado médicos competentes na minha vida, e por haver diagnosticado precocemente, afinal sempre realizei meus exames regularmente. Sinto paz em meu coração, o que Deus permitir, viverei. Serão meses de tratamento, mas não estarei sozinha, é hora de exercer a fé que prego no Deus que me fortalece em todo tempo. Tenho família, amigos e muuuuitos irmãos!  E por isso, escolhi compartilhar essa batalha, pois a vitória eu também compartilharei com você em breve, glorificando ao meu Senhor e Deus Emanuel! (Mateus 1.23)  Jacqueline
 
Cirurgias
Na véspera da primeira cirurgia, chorei pela primeira vez, senti medo de ficar deformada, porém  fui submetida a uma quadrantectomia  para retirada do tumor, preservando a mama.A localização do  tumor me propiciou ficar sem cicatriz aparente.
A segunda cirurgia  foi necessária após análise do material retirado, pois constatou  a necessidade de de ampliar as margens de segurança. Nem toda mulher precisa dessa segunda cirurgia, mas após análise do material retirado, foi constatado por exames a necessidade de retornar á mesa de cirurgia.
Minha recuperação foi muito boa, usei um top de lycra para atleta profissional  de corrida, afim de evitar seroma.
Tive a companhia de minha mãe no meu repouso e aproveitamos para assistir a primeira e segunda temporada de “The Crown”.
 
 
 .
Proatividade
Fiz um propósito no coração de que o câncer poderia afligir meu corpo, mas não minha alma! 
E sendo assim, procurei me antecipar às situações, me informando em fontes seguras sobre o tratamento, seus efeitos, possibilidades e consequências.                                                                             
Fiz sobrancelha definitiva, antes de iniciar o tratamento quimioterápico, já prevendo ficar sem elas! Afinal, pensei, ninguém é obrigado a ficar olhando para minha cara feia de doente.(rsrs)
Mantive minha rotina de trabalho e exercícios físicos.
Comprei brincos grandes e bonitos, lenços e turbantes estilosos e pesquisei na internet amarrações, também procurei profissionais que confeccionassem  peruca com meus próprios cabelos.
Procurei ao máximo me antecipar aos fatos.
 
Queda de cabelo
Quinze dias contados da primeira sessão de quimioterapia, eu marquei de cortar meu cabelo para a confecção da peruca, seu comprimento estava quase na cintura e mesmo assim não era suficiente para  a confecção, sendo necessário mais quantidade de cabelo. Ganhei de uma amiga muito querida, a Tininha, esse cabelo para complementar a minha peruca.
 
Minha oncologista solicitou que eu não passasse máquina zero, afim de não machucar o couro cabeludo, uma vez que o tratamento quimioterápico dificulta cicatrizações.
Acordei pela manhã com meus cabelos soltando mechas inteiras! Liguei para o profissional e pedi para ir cortar imediatamente e assim foi! Meu marido fez questão de me acompanhar nesse momento único  e posteriormente  rapou o cabelo em solidariedade a mim. Marcelo Shatsu cortou carinhosamente mecha por mecha e finalizou com a máquina . Confeccionou a peruca que ficou ótima!
 
 
Nos dias que se seguiram o restante do cabelo foi saindo em minhas mãos durante o banho, sem dúvida alguma um momento horrível de se viver.
A sobrancelha e os cílios também caíram, mas eu já havia feito sobrancelha definitiva e a falta dos cílios eu disfarçava com delineador.
 
Quimioterapia
Realizei 4 sessões de quimioterapia vermelha de 21 em 21 dias,  nessa etapa sofri com enjoos, perda do paladar, aftas, constipação intestinal, além de entrar na menopausa. Eu também tinha insônia e sonhos irritantemente repetitivos. 
 Ao final desse ciclo de tratamento, meu filho se casou.
A profissional Larissa Brandão foi quem fez minha sobrancelha definitiva  e me produziu para esse momento especial de nossas vidas. Fiquei muito feliz em conseguir manter meu peso e usar a peruca feita com meus cabelos, o que me deixou com a minha cara!

Iniciando o segundo ciclo que consistia em 12 sessões semanais de quimioterapia branca, eu já na primeira sessão tive uma reação alérgica ao medicamento, sendo necessário introduzir antes do tratamento uma dose de corticoide e anti alérgico, o que me propiciou o ganho de 6 quilos!  Nessa etapa sofri  com coriza e sangramento no nariz, a perda do cílios  me trouxe desconforto nos olhos por falta de lubrificação, a minha visão de perto ficou prejudicada durante o tratamento, mas a visão de longe manteve-se boa, me permitindo renovar a CNH sem uso de lentes corretivas. 

 

Nesse processo de quimioterapia minha imunidade estava sempre alta, precisei apenas tratar anemia com medicamento.
Não era raro ver muitos dos pacientes sofrerem por falta de veias nas sessões de quimioterapia, principalmente se o tempo estivesse frio. Eu não precisei colocar cateter  e também não tive problemas em receber as grossas agulhadas semanais, para tanto eu consumi muito líquido e gelatina.

 

Minha mãe me acompanhou durante as sessões de quimioterapia, que normalmente duravam 4 horas, levando lanche e carinho.
Tratei na Oncomed onde todos os profissionais envolvidos eram carinhosos e competentes e durante as longas sessões de quimioterapia, pude conhecer outros pacientes que se tornaram  amigos além da clínica.

 

 

 
Terapia alvo
Após o término da quimioterapia branca, continuei recebendo de 21 em 21 dias, um medicamento chamado Herceptin de forma injetável, até completar um ano do término da quimioterapia branca. 
Esse medicamento, chamado Trastuzumabe propicia alterações cardíacas e por isso é necessário acompanhamento cardiológico.
 
Hormonioterapia
Após o término da quimioterapia branca, iniciei o uso do Tamoxifeno , que é um bloqueador da ação de hormônios que estimulam o crescimento das células do câncer. Esse medicamento deve ser usado por pelo menos 5 anos. Seu efeito colateral me propicia calorões típicos da menopausa.
Seus efeitos colaterais descritos na bula, são de arrepiar, porém  são raros em sua maioria.
Infelizmente ele favorece trombose, aumento de colesterol e da glicose, por isso a importância de realizar acompanhamento com uma  endocrinologista.
 
Radioterapia
Realizei 18 sessões diárias de radioterapia.
Utilizei uma pomada especial chamada Trolamine, adquirida no site “Dona cegonha mandou” , que me protegeu de queimaduras e me trouxe conforto e tratamento para a pele queimada.
A radioterapia me tirou as forças, me trouxe fadiga muscular, dor no braço, e muito sono.
Regredi consideravelmente nas aulas de pilates, porém continuei insistindo e persistindo nas atividades.

 

Tratamento
O tratamento é desconfortável, mas suportável, cada caso é um caso, não devemos comparar diagnósticos. O exame imunohistoquímico define as diretrizes para o protocolo de tratamento. O meu caso, foi triplo positivo.
Pude testemunhar pessoas sem fé em Deus, pessoas depressivas, pessoas que se entregaram, pessoas autocomiserativas. Minha oncologista  disse que ela perde muitas pacientes pela cabeça.
Temos que ter em mente que será passageiro, será uma fase a superar. Escolhi ser grata a Deus por cada vitória em cada detalhe e em cada etapa.
Escolhi não ter cara de doente, usar maquiagens, brincos, turbantes ou lenços estilosos.
Escolhi não faltar um dia se quer às aulas de pilates.
Escolhi continuar minha rotina de trabalho, apenas reduzir o ritmo.
Escolhi manter meu sorriso.
Escolhi aprender com o câncer.

 

Fazendo do limão uma limonada
Comemorei o fim das quimioterapias com uma volta de bike em torno da Lagoa da Pampulha, 18 quilômetros, com a companhia de uma pessoa muito querida, minha amiga Simone.

 

Durante o tratamento me engajei num grupo de apoio a mulheres com câncer de mama, chamado Pérolas de Minas,  e através desse grupo tive oportunidade de dar entrevistas, palestras, participar de documentário, vídeo, e realizar visitas e doações a pacientes.
Tive também acesso a inúmeras informações e casos diversos de superação do câncer de mama.



Ganhei através do grupo, uma sessão de fotos após o término da quimioterapia, pela mãos de fotógrafas profissionais especializadas em  mulheres: Efeito.k e Photobertolly além de maquiagem por Dayse Campideli.

 

Recuperação
Meus cabelos começaram a querer crescer durante o ciclo de quimio branca, porém não tinham força.
Eu esperei 15 dias após o término da última quimio para passar máquina zero e então os cabelos começaram a crescer uniformemente.
No início havia grande mecha de cabelos brancos, mas alguns fios tinham apenas a pontinha branca, depois foram crescendo e recuperando a cor natural.

Perdi os 6 quilos com drenagem linfática, intensificando as atividades físicas com caminhadas diárias,  pilates duas vezes na semana e também alimentação saudável, evitando açúcares e reduzindo o carboidrato .

 
Fatos e curiosidades
Perdi meu avô 15 dias antes do diagnóstico do câncer de mama e  perdi minha avó um mês após o término dos ciclos de quimioterapia. Eles eram como pais, foram eles quem me criaram desde a infância.
Vovó era muito vaidosa e estava de olho nos meus turbantes. Eu já havia decidido que daria para ela, mas não foi possível, não deu tempo!
Minha igreja  e  muitos irmãos de fé oraram por mim.
Diante do fim da quimioterapia, houve um momento especial no culto de domingo, onde as mulheres foram de turbantes e cantaram um louvor em  agradecimento a  Deus pelo término meu tratamento.

 

 

Minhas plaquetas estavam sempre elevadas durante as quimioterapias, o natural é que abaixassem, mas creio no poder da oração. 
Recebi inúmeras mensagens de encorajamento de amigos, e parentes. Alguns fizeram questão de me visitar vindo até de outro estado, mas outros se afastaram e se calaram.

Muitos desconhecidos me cumprimentavam na rua mostrando cordialidade e alguns também se aproximavam para dar palavras de apoio.
Conclusão
O relacionamento com Deus faz toda a diferença no equilíbrio emocional e psicológico.
Eu, como a maioria das pessoas, não sabia lidar com o câncer, para
mim era sentença de morte, era motivo de olhar de piedade.
Hoje eu sei o quanto é importante ter esperança e dar esperança, por isso estou me preparando para capelania hospitalar e aconselhamento através de uma pós graduação, no afã de trabalhar com os que sofrem.

Sem dúvida o diagnóstico não é o fim, mas o início de um novo olhar para a vida e para nós mesmos.

Dicas:

* Fonte de informações confiáveis: www.oncoguia.org.br

*Grupo Pérolas de Minas – Apoio a mulheres com câncer de mama  em Minas       Gerais:www.facebook.com/perolasmg/

* Ponto de doação ao Grupo Pérolas de Minas( lenços, perucas, batons e esmaltes)-  Av. Amazonas, 3766 – Belo Horizonte- Segunda.a sexta. 08-18h

*Sobrancelha definitiva – La Brandão- Rua Espírito Santo, 1482 -Sala 102 – Lourdes –  Belo Horizonte –  (31)2555.4249-   www.instagram.com/larissa_brandao/?hl=pt-br

*Confecção de perucas- Feira do Cabelo- Marcelo (31) 3564-5302-
www.instagram.com/feiradocabelo/?hl=pt-br

*Turbantes-  www.wsoulstore.com.br  e www.oncoestetica.es
*Lenços – Lojinhas de bijou chinesas.

*Drenagem linfática- Meire Fialho – (31)99745.8858

*Nutricionista oncológica – Eunice Barros (31)4009.8200

*Nutróloga – Clínica Less-  Angela Vianello-   www.instagram.com/clinicaless/?hl=pt-br

*Pomada para radioterapia – Trolamine 70g-  www.donacegonhamandou.com.br
(31) 99854.8237 /98849.0417

*Fotografia –  Silvia – www.instagram.com/efeito.k/?hl=pt-br

*Fotografia –Thais –   www.instagram.com/photobertolly/?hl=pt-br

*Maquiagem- Dayse –  www.instagram.com/daysecampideli/?hl=pt-br

 

 
 

11 comentários

  1. Glorifico a Deus pelas tuas vitórias, Deus é maravilhoso . A fé é e sempre será a melhor opção , pq nosso Deus é um Deus de milagres .Parabéns por ser essa mulher guerreira , tenho orgulho de trabalhar com vc .

    Curtir

  2. Que belo testemunho!!A Bíblia diz que você e mais que vencedora.Ter fe em momentos assim sao para pessoas especiais como voce.Continuamos orando, ..Deus lhe abencoe.arpessoassespeuciais e amadas do senhor

    Curtir

  3. Jaqueline acabei de ler seu depoimento para minha mãe.Câncer nos dois seios, 75 anos diabetica, asma e problemas no coração. Diagnóstico em 2018.RJObrigada, você é uma guerreira.

    Curtir

  4. Jaque, um dia por acaso, nossos caminhos se cruzaram num avião… estávamos ido para Porto Seguro. Vc linda sempre com um sorriso largo no rosto. Simpática, alegre.. ficamos em locais diferentes, mas nos encontrarmos algumaa vezes, até almoçamos juntas. Formos a praia, tiramos fotos. Gostei muito de vc. Quando voltarmos vc mandou mensagem dizendo o seu diagnóstico. Vc já sabia antes de viajar, né…Resumindo, talvez não tivesse a força que vc teve e tem. Sempre lembrei de vc nas minhas orações. Apesar da distância. Estou muito feliz por tudo ter dado certo. Vc é um exemplo de fé, amor e adoração ao Senhor Jesus Cristo. Guerreira, maravilhosa. Um dia vamos nos ver novamente. Saiba que daqui, nunca me esqueci de vc. E estarei Sempre torcendo para que tenha muita saúde. Que o senhor Jesus Cristo continue abençoando e iluminando seu caminho. Sucesso sempre. 😘

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s