FLORESCER

Era o mesmo sorriso da infância, porém com  um olhar de mulher.
Olhos turvos pelas lembranças dolorosas,
fazendo do passado um companheiro  próximo.
Seus lábios, ainda que silenciosos, não calavam os descaminhos.
Suas ásperas mãos se assemelhavam aos tratamentos que recebeu.
Vida vivida num mar sem horizontes, com
relacionamentos semelhantes às ondas em dias de forte vento.
Suas feridas foram anestesiadas pelo álcool,
suas paixões não criaram raízes profundas.
Quis eu te apresentar o Sol da Justiça, 
que faz brilhar olhos e horizontes,
que acalma ondas e ventos e endireita caminhos.
Quis eu te apresentar o profundo amor de Deus,
aquele que recebeu em suas ásperas mãos de carpinteiro, os nossos cravos, para nos dar vida plena, vida abundante, vida eterna!
Jesus pode te fazer florescer, Melissa!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s