O APRENDIZADO DO DESERTO

“Recordar-te-ás de todo o caminho pelo qual o Senhor, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, para te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os seus mandamentos. Ele te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conhecias, nem teus pais o conheciam, para te dar a entender que não só de pão viverá o homem, mas de tudo o que procede da boca do Senhor viverá o homem.”                                                          Deuteronômio 8.2,3


Caminhar no deserto é árduo, não há lazer, não há  prazer, não há conforto.
É tempo de escassez e de provar a resistência.
Apenas um desejo tem quem caminha por ele: sair dele!
O deserto se torna mais sofrido e comprido para quem caminha na rebeldia, com  murmurações e lamentações, pois no deserto nossas fraquezas, fragilidades, carências, pecados e defeitos ficam patentes.
Entretanto, o deserto na na caminhada cristã é tempo de aprofundamento na intimidade com Deus e oportunidade de conhecer a provisão e o socorro dEle em tempo oportuno.
No deserto Deus se revela e se dá a conhecer em seu poder e fidelidade.
Deus se revela como o EU SOU
Deus se revela como Guia e Protetor
Deus se revela como nuvem de refrigério
Deus se revela como coluna de fogo na escuridão
Deus se revela como provedor através do maná de cada dia
Deus se revela como saciador através da água da rocha.
Deus se revela como Salvador!
Vencido o deserto, não somos mais os mesmos! 
Adquirimos nova estrutura de fé, cura interior, certeza da providência divina e um total olhar de gratidão por Aquele que nos ama e nos sustenta.





Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s