POUCOS ACHADOS

“… Quando estamos ajudando a remar o barco, não temos  tempo para balançá-lo!”   Rick Warren. 

A igreja local tem vários propósitos: adoração, serviço, evangelismo, comunhão, ensino.

Uma igreja local tem vários desafios:  sede própria, trabalho com crianças, programa de TV, ação social, evangelismo e integração de pessoas , despesas de manutenção, sustento ministerial, etc.

Qual tem sido nosso envolvimento nesse ministério?
Muitos são os desafios e esforços empenhados na condução desse ” barco”, mas os braços que remam são poucos, por isso Deus  tem muito a fazer em nós para posteriormente fazer através de nós.
Devemos começar assumindo que  somos os responsáveis diretos pelos rumos da igreja local ,  não podemos transferir para outros essa missão.
Devemos encarar o  desânimo e o  abatimento  como  reflexos de uma vida aquém do ideal de Deus :  sem alimento diário da Palavra, sem disciplina na oração, sem prática de testemunho.
Muitos  são os que balançam o barco , poucos são os que remam o barco, e  pouquíssimos  são os que dariam sua vida por ele.
Muitos (os que balançam o barco) não se sentem alimentados pelo sermão de domingo, nem edificados com o louvor , nem motivados a estarem no culto ( principalmente num dia ensolarado ou numa noite coincidente com um show secular ou jogo de futebol ),  não se sentem responsáveis  por discipular, evangelizar,  assumir responsabilidades e cargos na igreja, mas  querem um pastor, querem uma nova sede, querem missões, querem conversões, querem visita, querem oração, querem  atenção, querem conforto, querem crescimento numérico e resultados, além de terem inúmeras sugestões de mudança de rumo.
Poucos são os que  se alimentam da Palavra diariamente, tem vida de oração, cultuam  a Deus com suas vidas, abrem mão do descanso  para  priorizar os deveres espirituais e a necessidade dos  irmãos.
Pouquíssimos ainda dispõem suas vidas integralmente , contribuindo como instrumentos para  cumprirem os propósitos de Deus como  igreja,  24 horas por dia.

Por isso Deus procura verdadeiros adoradores, pois são poucos!
Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. João 4.23

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s