ERA A MINHA HISTÓRIA!

Eu sempre atirei pedras.
Destemidamente apontei o dedo.
Julguei e condenei  invariavelmente.
Inúmeras vezes  lancei olhares de reprovação para uma atitude alheia , mas nada disso seria legítimo se com sinceridade eu encarnasse, nem que por um segundo, o autor daquela condenada atitude , pois indubitavelmente reconheceria dentro de mim a potencialidade para fazer o mesmo ou pior.
Meu padrão deixou de ser horizontal  para ser vertical, quando deixei de julgar-me pelo próximo, para julgar-me segundo o olhar de Deus, pude então conhecer a graça e a misericórdia que inexistiam em mim, mas da qual eu me beneficiava diariamente.
Fiquei envergonhada  quando reconheci  que a única mão capaz de atirar pedras, apontar o dedo, julgar e condenar, foram as mãos que receberam os cravos na cruz, e o único olhar apto a reprovar atitudes por enxergar o coração, foram os olhos que me acharam entre tantos pecadores.
Assim como Cristo marcou a história da humanidade em antes e depois, dividiu  também  a minha entre antes e depois da compreensão de Sua graça.
A minha história mudou quando reconheci  ser alvo da graça e da misericórdia de Deus  apesar da minha natureza má. 
Jesus sofreu as consequências do meu pecado até a morte, afim de me dar vida!
 
 
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s