MEUS CORAÇÕES

“A decisão de ter um filho é muito séria.
 É decidir ter, para sempre, o coração fora do corpo. ” (E.Stone)

Envolvi-a  em meus braços , apertei-a contra o peito, o amor chegava  a doer em mim. Nunca senti algo assim… era capaz de dar minha vida por ela, de enfrentar o mundo e seus perigos para protegê-la.
Assim o fiz por anos… durante dias, noites, madrugadas. 
Desde a minha meninice uma grande preocupação me acometia, o que eu poderia fazer pela sua salvação? 
Meditava em Provérbios 22.6: Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.” e assim fizemos.Todas as segundas-feiras, por anos, nos dedicamos e  priorizamos o culto doméstico.
O sofá se transformava em arca de Noé, o pai em gigante Golias, e a criatividade  comandava em busca de fixar a Palavra de Deus e seus princípios.
E como em Deuteronômio 6.5-9 impera: “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças. E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando pelo caminho, ao deitar-te e ao levantar-te. Também as atarás por sinal na tua mão e te serão por frontais entre os teus olhos;e as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas. “
Assim fizemos. Nos dedicamos a esforços evangelísticos como família, ativos na igreja e em seu reino; testemunhando e vivendo o evangelho em sua totalidade, visando intimar nossos filhos e as demais pessoas com as quais convivíamos a amar e priorizar a  Deus em suas vidas.
Muitas vezes , em meu íntimo, eu cobrava  do pastor e das famílias da igreja a falta de compromisso dos  seus filhos com Deus , eu questionava o motivo de muitos deles estarem envolvidos no mundo.
Hoje eu compreendo o que é ter um coração fora do corpo, não podemos comandar os sentimentos e as escolhas, mas indubitavelmente sofreremos as dores e as consequências se nossos filhos escolhem a independência de Deus.
Prevalece a fé no cumprimento da promessa que Deus nos fez ao sermos obedientes, pois a maior herança que podemos deixar aos filhos, é a instrução no caminho da salvação em Cristo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s