O PIT BULL INTERIOR

Todos nós temos uma luta interior interminável, de um lado nossa carne querendo imperar, do outro o Espírito desejando dominar e no meio nossa vontade a decidir.
Deus nos deu o livre arbítrio e nem mesmo Ele nos obriga a agir de determinada maneira. Podemos livremente tomar  nossas decisões, o que não podemos é escolher as consequências das escolhas que fazemos, pois essas  já estão traçadas.
 “Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne; e estes opõem-se um ao outro; para que não façais o que quereis. “Gálatas 5.17
 A carne é como um pit bull , tem como característica a capacidade de  vencer oponentes maiores,  é audaciosa, agressiva, vigorosa, robusta, ágil,  incansável na persistência, habilidosa para lutar. 
O Espírito é amável , paciente e sábio, não quer vencer na força bruta, mas pelo amor.
Portanto a vontade humana, o livre arbítrio, é  decisivo no momento dessa luta que se trava em nossa mente e em nosso coração: carnal X espiritual, efêmero X eterno, pecadoX santidade, nossa tendência X a vontade de Deus.
Para se dominar um pit bull se faz necessário: força física suficiente para contê-lo, uso de guia curta, focinheira,  coleira resistente; e assim , da mesma forma para contermos  o  impulso da carne e seus desejos, devemos inibi-la, deixá-la com fome, enfraquecê-la e não dar liberdade a ela.
O espírito precisa ser alimentado, cuidado e estimulado para que prevaleça em nós proporcionando equilíbrio e intimidade com Deus.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s