GETSÊMANI

” Então saiu e, segundo o seu costume, foi para o Monte das Oliveiras; e os discípulos o seguiam. Quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação. E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra; e pondo-se de joelhos, orava,
dizendo: Pai, se queres afasta de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua. Então lhe apareceu um anjo do céu, que o confortava. E, posto em agonia, orava mais intensamente; e o seu suor tornou-se como grandes gotas de sangue, que caíam sobre o chão.”

Jesus estava sozinho! Ele caminhava para a cruz sozinho!
Nem mesmo os apóstolos que era testemunhas oculares do poder do Filho de Deus, tinham compreensão do que realmente significava o pão e o vinho do qual acabaram de participar, celebrando a páscoa!
Jesus se retirou para o Monte das Oliveiras , local onde habitualmente orava, indo para um jardim chamado Getsêmani onde azeitonas eram esmagadas para produzir azeite. Get = pressão Sêmani= óleo, unção.
Jesus estava vivendo momentos de angústia, tristeza, agonia, aflição. Ele estava sob forte pressão. Por isso se prostrou diante do Pai de joelhos e orou pedindo que a vontade soberana do Senhor fosse realizada.
Jesus suava gotas de sangue, um fenômeno raro chamado hematidrose, tal a pressão que sofria ao conhecer os fatos que deveriam se cumprir através dEle:
Jesus tomaria nossas enfermidades e nossas dores, seria afligido, oprimido, ferido e pisado pelas nossas iniquidades, moído pelas nossas transgressões, sofreria o castigo que nos era destinado, se esvaziaria de Deus e seria cheio dos nosso pecados.
Do ponto de vista humano, Jesus estava sozinho!
Traído por Judas, abandonado pelos seus discípulos, negado por Pedro e brevemente rejeitado pelo Pai ao se fazer pecado por nós!
Deus mandou-lhe o consolo de um anjo que certamente o confortava fazendo-o focar sua esperança e força no plano de redenção da humanidade.
Jesus sofreria escárnio, mas herdaria o mais excelente nome.
Jesus sofreria açoites ,feridas nas mãos e pés, mas seria glorificado pelo Pai.
Jesus suportaria uma coroa de espinhos cravada na carne, mas trocaria-a por uma coroa de honra eterna.
Enfrentaria morte de cruz, mas ressuscitaria ao terceiro dia tendo vitória sobre a morte.
Jesus mesmo sob forte pressão não deixou de produzir o puro azeite, a unção do Espírito estava sobre Ele e sua essência foi derramada diante do Pai demonstrando: Temor do Senhor, Dependência do Pai, obediência até a morte de cruz, fidelidade a Deus e ao seu plano, amor pela humanidade .
Jesus não desviou seu olhar da missão ao qual foi enviado.
Nossa conclusão é que devemos seguir o exemplo de Jesus,
hábito de oração não nos impede de sentir angústia, tristeza, mas nos faz produzir um delicioso e puro azeite para o deleite do nosso Deus.

( MENSAGEM IBCJ DIA 28/12/08)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s